15.3.09

Devidas apresentações...

Faz muito tempo que o design entrou na minha vida. Até os meus 12 anos de idade eu queria muito ser estilista. Desenhava roupas, fazia coleções inteiras, costurava para as minhas bonecas Susi.
Mas certo dia, eu fui com a minha mãe em uma dessas lojinhas de 1,99. E me deparei com um caderno de desenho e pedi para minha mãe comprá-lo.
Esse tal caderno ficou encostado algum tempo no meu armário até que em certo momento me deu um “click”: peguei ele e comecei a desenhar um móvel. Pois é... foi assim mesmo...do nada...
O desenho não era muito bom, mas minha mãe achou lindo, com isso me empolguei e em um mês preenchi todas as folhas com várias criações. E não parei por aí, continuei desenhando e no total tenho 3 álbuns de mobiliários, almofadas e objetos.
Apesar da falta de técnica para desenhar, o que hoje realmente me surpreende é o conceito que eu aplicava em cada um deles. Justificava tudo, da cor da parede até o estilo predominante. Meu conhecimento se limitava até então ao que eu via na tv e lia em poucas revistas que eu tinha da área, mas consegui ultrapassar tudo isso com um conhecimento meio intuitivo. Isso me deixa muito feliz.
Eu lia muito jornal e num deles vi uma propaganda de uma escola que oferecia o curso técnico em Design de Interiores, me interessei e busquei informações. Porém eu teria que ter no mínimo 16 anos para começa-lo, ou seja, esperar 3 anos.
Em 2007 me matriculei e comecei a minha jornada. Eu era a mais novinha da sala, pois havia pessoas com mais de 30 anos. Inclusive uma delas me aconselhou a ir para uma outra escola, pois lá teria companhias da mesma faixa etária. Senti-me ofendida e pensei:”Ela acha que eu não tenho capacidade de me entrosar com as pessoas mais velhas?Mas vou provar que posso superar as expectativas de todos...”.E isso eu fiz. Me esforcei ao máximo, estudei, demonstrei o meu conhecimento e aprendi muito. Percebi que todos estavam no mesmo barco independentemente da idade, pois a maioria não tinha noção de nada, entrou totalmente “fresquinho”, prontos para adquirir mais conhecimento.
Eu não tinha final de semana devido aos inúmeros projetos. Amadureci na marra, e eu sou muito grata a isso. Sinto saudades desse tempo. Participei de concursos e em um deles consegui uma classificação na seletiva da escola, ganhei o curso de AUTOCAD (ferramenta importantíssima no meu trabalho).
Em julho do ano passado apresentei meu TCC de uma loja com várias problemáticas que junto com a minha amiga Edna consegui solucionar a maioria delas.
Acabado o técnico eu tinha mais um desafio: arrumar um estágio que eu pudesse aplicar tudo que eu aprendi.
Após muita procura e esforço, consegui. Devido á ele fui obrigada a buscar conhecimento em softwares de desenhos em 3D e em recursos para tratamento de imagens. Hoje digo que valeu a pena estar trabalhando dentro de um escritório de arquitetura, pois lá cresci muito.
Fim do 3º ano do ensino médio mais um desafio estava a vir: o vestibular acompanhado da pergunta “Pra que curso?”. Após muito pensar optei por Design de Produtos. Foi uma decisão difícil, pois havia um confronto no que eu queria para mim (design) e o que os outros achavam que era melhor (arquitetura). Mas fui firme em minha decisão e não me arrependo. É uma profissão na qual sou apaixonada.
Bem...essa foi uma breve história de como o design entrou na minha vida e o que ele significa para mim...
Para não me estender ainda mais...fico por aqui com um conselho: Não desista dos seus sonhos(parece frase de livro de auto-ajuda mas pode ter certeza que ela tem todo sentido).

Abraços,
Luiza Boaventura

5 comentários:

Marco Aurélio disse...

Não desista de seus sonhos...
É, faz lembrar do titulo de um livro de auto-ajuda.

Muito legal a sua história.

Abraços

Designer Luiza disse...

é um livro do Augusto Cury...=P

Obrigada^^
[]

Marcos disse...

Posso dizer com todas a palavras o quanto essa menina é talentosa!!!

Designer Luiza disse...

Obrigada Marcos^^

Luis Eduardo de Souza disse...

Impressionante sua iniciação ao Design.. Parabens!

Bem raro isso, acredito que esta no caminho certo e pode ir bem longe.. Tem uma Designer daqui de Jlle, Renata Moura, que esta se destacando no cenario nacional com seus móveis.
o site dela: /www.renatamoura.com/, pode ser um rumo pra vc.

Atualmente estou desenvolvendo um projeto moveleiro para um concurso o ECOLEO. Da uma olhada, bem legal o concurso!

Abraços

Postar um comentário

O que você achou do post? Algo a acrescentar?
Sua opinião é muito importante para o crescimento do blog:)